Livro de ficção retrata a vida dos dekasseguis no Japão

Livro de ficção retrata a vida dos dekasseguis no Japão

Livro de ficção retrata a vida dos dekasseguis no Japão

Quando os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil em 1908, eles tinha um objetivo bem claro: trabalhar duro, juntar dinheiro e voltar para a terra do sol nascente em melhores condições financeiras. Como sabemos, muitos acabaram fincando raízes por aqui e transformaram o nosso país tupiniquim na maior colônia japonesa fora do Japão.

A partir dos anos 80, o crescimento da economia japonesa chamou a atenção da nova geração de nikeis, levando muitos deles a fazer o caminho inverso. Muitos brasileiros de olhos puxados atravessaram o Oceano Pacífico para trabalhar como mão de obra barata, no chão de fábrica mesmo.

Foi esse o pano de fundo escolhido por William Yoshi Onno, autor do livro Dekassegui – A Receita do Enriquecimento. Baseado em sua experiência de 16 anos trabalhando no Japão, William retrata em seu romance desafios, sonhos, aventuras e a dura realidade enfrentada por todos aqueles que decidiram se tornar dekasseguis.

Sempre de forma simples, bem humorada, William divide um pouco de suas experiências e mostra que a vida de um dekassegui está longe de ser o mar de rosas que muitos imaginam.

Dekassegui – A Receita do Enriquecimento será lançado dia 07/02, às 18h na Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo/SP). Os interessados também podem adquirir o ebook do livro através do site da Chiado Editora.

Acompanhe as novidades sobre a livro na fanpage do facebook.

Livro de ficção retrata a vida dos dekasseguis no Japão

Sinopse

A vida, os sonhos, as aventuras e a dura realidade enfrentada pelos Dekasseguis, japoneses e descendentes que viajaram para outros países em busca de trabalho e fortuna. Com a mesma intenção de realização e sucesso nessa busca, nossos avós vieram ao Brasil e poucos com sucesso retornaram ao Japão. Agora, meio século depois, seus filhos e descendentes vão ao Japão com as mesmas intenções e se deparam com a mesma realidade, mas no sentido inverso. Tudo isso é descrito de uma forma simples e bem humorada, mostrando desde as formas mais corretas e elogiáveis até as mais bizarras e contraditórias. Nesse ínterim, o autor apresenta a relação entre os costumes e tradições da cultura japonesa, com um fundo de uma bela história de amor.

Quem são os dekasseguis?

Ao pé da letra, dekassegui (出稼ぎ) significa trabalhador migrante. Ou seja, no Japão, todos os trabalhadores estrangeiros, com ascendência japonesa ou não, são considerados dekasseguis.

Atualmente, a comunidade brasileira de dekasseguis é constituída por 178 mil pessoas – e é a quarta maior comunidade estrangeira dentro do Japão. As cidades com o maior contingente de brasileiros são  Hamamatsu (Shizuoka), Nagoya (Aichi), Oizumi (Gunma), Shizuoka (Shizuoka), Gifu (Gifu) e Saitama (Saitama).

Dentre as muitas dificuldades encontradas pelos dekasseguis, o idioma é a mais limitadora, levando as comunidades a viverem isoladas do restante da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *